New School

O estilo surgiu na década de 70 e se caracteriza pelo uso de muitas cores, degradês e volume. Seus desenhos são inspirados nos grafites, na Pop Art e nos cartoons, e muitas vezes esses desenhos são tridimensionais, bem diferente do estilo predecessor, o Old School. Uma outra característica marcante é o tom irreverente que o desenho carrega, algo que se assemelha a uma charge.

Quem me apresentou ao new school foi o Del Arkivo, desde então me apaixonei pelo estilo, logo quando comecei a tatuar fazia aquarela e hoje em dia venho tentando misturar o New School com a aquarela. Curti também o New School porque eu fazia graffiti e puxa um pouco para o lado do new school. O maior desafio do estilo é deixar a Tattoo 100% limpa, bem preenchida e bem traçada. — Bruno Britto.

Eu curto olhar para um New School e dar risada, essa é a essência eu acho, tu conseguir ler toda uma história em uma cena, o que fica legal pra mim são os traços bold para dar a dimensão e profundidade, o jogo de cores para que se destaque bem o desenho, embora não necessite ter traços muito grossos para ser um bom new, eu curto das duas formas mas fazendo prefiro meter o tração, o importante é a tattoo estar bonita, o resto é papo furado! — Fernando Tampa.

As artes em New School tem um tom caricato, abusam da falta de proporção e geralmente são acompanhadas de um fundo colorido que ajuda a destacar a tatuagem na pele. É um estilo que dá liberdade aos tatuadores na criação do desenho e não se prende ao mundo real.

Três pontos altos da era New School são:
• Sem limites para imaginação. Liberdade para o artista;
• Muitas paletas de cores;
• Desenhos tridimensionais, dando a impressão de movimento e realidade ao desenho.